Liberta-te da ansiedade. Quando?

  • imagem ilustrativa

Há uns dias, tive o gosto de assistir a uma palestra com um dos mais conceituados treinadores de triatlo do mundo. Durante a palestra, falou-se da ansiedade que alguns atletas sentem antes e durante as provas. Os exemplos dados pelo treinador referiam-se a duas atletas suas. Uma delas ligava-lhe dezenas de vezes nos 2 dias antes da prova e uma outra chegou a parar durante a prova, na sequência de "palavras de incentivo" do treinador. De referir que, este treinador é pouco dado ao trabalho em equipa, sendo ele a única referência para os atletas, seja qual for a área de intervenção. Ou assim ele julga.

Durante este dia falei com outros treinadores, que também assistiam à palestra, e que me diziam que iam falando com os atletas e estes, com o tempo, iam perdendo essa ansiedade ou, pelo menos, os treinadores assim o pensam.

A questão aqui é mesmo o tempo que escolhemos para ultrapassar a ansiedade. Se a escolha recair por estes métodos, a ansiedade irá passar… um dia, no futuro. Mas esse dia pode chegar daqui a 10 anos ou mais tarde. A experiência ajuda na maior parte dos casos, mas esperar pela experiência para conquistar a ansiedade acarreta vários riscos:

1 – Não trabalhamos a origem da ansiedade já que esta aparece na sequência de algo mais profundo. Não o trabalhando, aprendemos a viver com o sintoma, não o tratamos.

2 – O tempo, por si só, não serve para todos os casos. Em casos mais graves, a ansiedade nunca desaparece e o atleta assume que faz parte da sua forma de agir, vivendo todas as provas de uma forma que não lhe permite desempenhar em todo o seu potencial.

3 – Com a ansiedade sempre em níveis elevados, o desempenho é inferior ao pretendido, correndo o risco de diminuir a autoestima e a autoconfiança do atleta.

Há, no entanto, outras formas de lidar com a ansiedade pré-competitiva ou competitiva. Uma dessas formas é decidir que se quer libertar da ansiedade de forma rápida e segura, identificando as verdadeiras causas da ansiedade e trabalhando a "doença" – a origem – e não só o "sintoma" – a consequência.

Colocando de outra forma, escolher um profissional especializado neste tipo de temas ou seguir as "dicas" do treinador pode ser a diferença entre libertar-se da ansiedade em poucas semanas ou demorar anos a lá chegar… se lá chegar alguma vez.

Naturalmente, a escolha é única e exclusivamente do atleta e é este quem deve pensar: Porquê esperar anos para atingir o meu potencial máximo se o posso conseguir em semanas ou, no máximo, meses?
Já o treinador tem, também, uma escolha a fazer. Vai continuar a dar "dicas" ao estilo "sabedoria popular" ou "fato igual para todos" à espera que, um dia, as fichas caiam e tudo faça sentido ou vai encaminhar os seus atletas para um Sports Mental Coach – ou outro profissional do género – para que as questões que possam existir sejam definitivamente identificadas e resolvidas?

São estas escolhas que definir o caminho do atleta até atingir o seu máximo potencial de desempenho. Anos ou semanas, a escolha é sua.

 

Mais informação?

O Sports Hypno Coach é destinado a todos os atletas, independentemente da idade ou nível competitivo, praticantes de desportos individuais ou coletivos, que pretendam melhorar o seu desempenho desportivo.
Se tem uma Equipa, contacte-nos para obter um orçamento.